O passeio de comboio, promovido pela Associação Portuguesa dos Amigos dos Caminhos de Ferro (APAC), teve uma grande adesão dos habitantes de Benespera que, desde a reativação do troço da Linha da Beira Baixa entre as cidades da Guarda e da Covilhã, em maio de 2021, têm promovido várias ações de valorização da infraestrutura ferroviária que ali tem um apeadeiro.


“Da Benespera vão partir 56 pessoas mais crianças, até ao Entroncamento [em comboio Intercidades]. E, depois, no Entroncamento, além destas 56 pessoas, estão mais 25, que são da Benespera, mas que não vivem cá, que entram no comboio especial no Entroncamento e veem até à Benespera. Portanto, no comboio especial nós vamos ser 85 a 90 pessoas, com idades entre os 02 e os 80 anos”, disse hoje à agência Lusa Filipe Santos, morador na Benespera.


O jovem, que tem sido o dinamizador de várias ações relacionadas com o regresso do transporte ferroviário à freguesia, lembrou que as iniciativas já promovidas levaram a que o atual diretor da CP, José Carlos Barbosa, em dezembro de 2021, tenha intitulado a aldeia, localizada no Vale da Teixeira, como sendo “a Capital Ferroviária da Linha da Beira Baixa, por tão bem receber as pessoas”.


A designação foi bem recebida na aldeia e a presença na viagem de sábado pretende, justamente, valorizar o facto de o comboio especial fazer ali uma paragem no percurso, que será “a única [a realizar] no distrito da Guarda”.


“Temos todo o gosto em ser considerados [a Benespera] a `Capital Ferroviária da Linha da Beira Baixa` e entendo que a marca pode ser potenciada e tem muito para avançar”, disse Filipe Santos.


O responsável lembrou que desde a reabertura do troço Guarda – Covilhã, já foram realizadas várias iniciativas relacionadas com a temática da ferrovia.


A primeira ação realizou-se no dia 18 abril de 2021, no momento da passagem do primeiro comboio de carga na linha: “Neste mesmo dia era a festa de Santo Antão. A população saiu da eucaristia campal e foi para a estação saudar a passagem do primeiro comboio”.


No dia da inauguração da via, a 02 de maio de 2021, cerca de 100 habitantes viajaram entre Benespera — Guarda e Guarda — Benespera e, a 04 de maio, Filipe Santos marcou presença na viagem inaugural pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.


Mais tarde, no dia 05 de setembro, o primeiro-ministro, António Costa, fez a viagem entre Guarda e Covilhã e, na Benespera, “saudou os populares à porta do comboio”.


O passeio de comboio pela Beira Interior em comboio especial agendado para sábado, por iniciativa da APAC, parte pelas 07:24 do Porto/Campanhã e regressa à mesma estação pelas 19:48, com paragens em Aveiro, Coimbra – B, Entroncamento, Tortosendo (para almoço) Benespera, Guarda (paragem técnica) e Pampilhosa.


“Tanto a locomotiva 2610 como as nove carruagens Schindler que compõem este comboio especial encontravam-se afastadas de serviço há muitos anos”, referiu a APAC em comunicado.


O passeio pela Beira Interior “irá percorrer mais de 730 quilómetros nas linhas ferroviárias do Norte, da Beira Baixa e da Beira Alta, proporcionando aos seus mais de 400 participantes uma experiência única e inesquecível por algumas das mais belas paisagens do Portugal Interior”, segundo a nota.




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.