Projeto de observação astronómica “Porta dos Céus” promove território de Arganil



“Desenhámos um conjunto de atividades pelo território que vão decorrer durante três dias consecutivos, permitindo experienciar a cultura e a identidade local, numa descoberta conjunta entre o céu e a terra”, disse à agência Lusa o presidente da autarquia.

Rent Your Home

CodeCult Creative Business Agency


Como o próprio nome indica, o projeto “tem muito do seu foco na questão do céu limpo, que é uma das características deste território, em que a visitação noturna, o céu estrelado e a via láctea é algo bastante valorizado”, acrescentou Luís Paulo Costa.


“Portas do Céu” é um projeto em rede dinamizado pelos municípios de Arganil, Góis e Pampilhosa da Serra, “com uma componente cultural muito significativa, que deve trazer valor para os territórios”, salientou.


De sexta-feira a domingo, o município de Arganil vai organizar caminhadas, visitas guiadas e sessões associadas ao modo de vida da região, além de dar a conhecer a gastronomia e artesanato que são “património imaterial que preservamos e queremos dar a conhecer”.


O programa da iniciativa, que tem início na sexta-feira, prevê passagens pelo Santuário da Senhora de Mont`Alto, Serra da Aveleira e Selada das Eiras, Serra do Açor, Mata da Margaraça e Fraga da Pena.


Inclui observações noturnas no posto de vigia de Monte Redondo e no miradouro Miguel Torga, visita ao Centro Interpretativo de Arte Rupestre de Chãs d`Égua, à aldeia de xisto da Benfeita e visita guiada à Aldeia Histórica de Piódão.


O projeto cultural em rede “Portas do Céu” resulta de uma candidatura dos municípios de Pampilhosa da Serra, Arganil e Góis, que consiste na realização de vários eventos em espaços do património natural e cultural destes territórios.


Cofinanciado pelo Centro 2020 e pelo Fundo Europeu para o Desenvolvimento Regional, o projeto pretende contribuir para a diversificação da oferta cultural, promoção da cultura e afirmação da região enquanto destino turístico de excelência.




 




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *