“Nós não damos nada por garantido, tal como não damos nada por perdido. Sabíamos a potência que a Alemanha era e fomos lá jogar olhos os olhos. Com a Bulgária, a postura não será diferente. Respeitamos muito adversário. Não é por estar abaixo de nós no ranking e por termos vencido o primeiro jogo (5-0) que nos vamos desleixar”, vincou.

Terça-feira, em Barcelos, as lusas vão lutar pelos três pontos de forma a manter-se na corrida ao segundo lugar no Grupo H, que assegura a ida ao ‘play-off’.

“Cada jogo tem a sua história. É provável que a Bulgária venha determinada a criar problemas e a somar os seus primeiros pontos. Nada nos vai desfocar do nosso objetivo, que é conquistar os três pontos. Jogando em nossa casa, os três pontos só podem ficar aqui”, reforçou a atleta do Sporting.

Depois de duas derrotas com a Alemanha, Portugal é terceiro do grupo, com 13 pontos, a oito das germânicas e a dois da Sérvia, segunda, e grande rival na discussão a um lugar no ‘play-off’.

Ante umas rivais que ainda não pontuaram, Ana Borges espera uma equipa lusa “concentrada, séria e fiel à sua identidade”.

Os vencedores dos nove grupos de qualificação apuram-se diretamente para o Mundial, enquanto os segundos classificados seguem para os ‘play-offs’.

Portugal viajou hoje da Alemanha para o Porto, seguindo posteriormente para Fão, Esposende, onde treinou para o desafio de terça-feira no Estádio de Barcelos.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.