FC Porto aproxima-se do título


E foi Evanilson a ter esse prazer, ao aproveitar um deslize do guarda-redes adversário e a concretizar o 1-0. 


Pouco depois, o 2-0 por Taremi tranquilizou adeptos e jogadores. O iraniano marcou na transformação de um penálti. 

Rent Your Home

CodeCult Creative Business Agency



O Vizela, sempre muito competitivo, voltou ao jogo (2-1) com um grande golo de Alex Méndez, ainda de fora da área.


 

No segundo tempo, surpresa logo na parte inicial. Os vizelenses empataram 2-2 num remate de Nuno Moreira e que teve um desvio determinante para acabar no fundo das redes. O lance foi analisado pelo VAR, mas valeu para o empate. 


Mas, pouco depois, surgiu Mbemba a acalmar os corações apertados, fez o 3-2 num remate oportuno e indefensável.



A precisar de pontos, a equipa de Álvaro Pacheco nunca desistiu de lutar por um resultado positivo no Dragão. Nesse campo, o FC Porto foi competente também para defender agora a vantagem mínima, que lhe permite sonhar já com a festa este domingo, caso o Sporting não vença o Gil Vicente em Alvalade.



Aos 80′, e já com Galeno em campo, o FC Porto esteve perto do 4-2, mas Francisco Conceição falhou na hora decisiva.



Perto dos 90, numa jogada de insistência, Taremi numa recarga acrobática fez o 2-0 e afastou quaisquer fantasmas do Dragão.  



Os “dragões” somam 85 pontos. O Vizela ainda tem 32 pontos e integra um grupo de equipas que faz contas de cabeça nestas duas útimas jornadas.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *