Temos 12 cadáveres (…) e ainda faltam dois“, disse à imprensa Héctor Urrego, autarca de Abriaqui, no departamento de Antioquia, onde ocorreu o desastre.


Uma torrente de lama surpreendeu os mineiros no seu acampamento às 18h30 (23h30 em Lisboa) na quarta-feira, disse Urrego.


Os homens estavam a jantar, alguns preparavam-se para descansar, outros estavam a terminar o trabalho, quando aconteceu a enchente“, disse o autarca ao canal de televisão local Telantioquia.


De acordo com as forças de socorro locais, o desastre foi causado por uma enchente repentina de um rio na região montanhosa.


As operações de resgate para encontrar os dois desaparecidos foram interrompidas até à manhã desta sexta-feira devido às más condições climáticas.


Durante várias semanas, o inverno tem sido implacável (…). Numa aldeia próxima, Santa Teresa, há outra ameaça de enchente. Evacuámos as casas e esperamos que nada de grave aconteça“, disse Urrego, acrescentando que 20 famílias foram deslocadas.


A mina, conhecida como El Porvenir, tem alvarás de funcionamento na área, segundo o autarca, que não deu detalhes sobre o tipo de minério extraído.


“Uma equipa de profissionais está a caminho do local”, disse o Departamento de Gestão de Risco local.


O presidente Iván Duque expressou “solidariedade com as famílias das vítimas”, numa mensagem na rede social Twitter. “As organizações de ajuda estão a trabalhar (…) nas operações de resgate dos desaparecidos“, disse.


No início de fevereiro, um deslizamento de terra causado por fortes chuvas matou 14 pessoas e feriu várias dezenas no centro-oeste da Colômbia.


 




Source link

By Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.