Grupo Pestana passa de prejuízos a lucros de 23 ME em 2021



“[o resultado de 2021] não é de uma grande rentabilidade, mas atendendo à situação é notável”, afirmou José Theotónio, na conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2021, no Pestana Palace, em Lisboa.

CodeCult Creative Business Agency


Já o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 92,2 milhões de euros em 2021, quase o triplo dos 33,7 milhões de euros de 2020.


Segundo o presidente executivo do Pestana Hotel Group, o ano de 2021 foi “significativamente melhor do que 2020, mas longe do período pré-pandemia”, em que os destinos de `resorts` (Porto Santo e Algarve) recuperaram mais rapidamente do que destinos de cidade, tendo sido um ano incerto com meses de maio e junho ainda fracos e com a nova vaga do covid-19 a fazer novamente abrandar o turismo a partir de novembro.


José Theotónio disse que, devido aos hotéis que ficaram fechados em 2021 pela crise pandémica, houve trabalhadores que foram trabalhar para outros hotéis e que, por isso, “fizeram toda a operação de 2021 só com trabalhadores efetivos”. Da Madeira para o Algarve foram mais de 300 funcionários e dos hotéis de Lisboa, Porto e Cascais foram trabalhadores para o Algarve.


Quando começou a crise pandémica, o Grupo Pestana tinha nove hotéis em construção que foram sendo adiados, mas que, entretanto, já foram todos abertos, o último dos quais o Pestana Douro em início de abril.


“Agora o desafio para a organização é pôr estes hotéis no mercado”, declarou.


Já este ano, janeiro e fevereiro ainda foram meses difíceis, mas em meados de março o mercado “começou a responder e surpreendeu um pouco a todos”, afirmou José Theotónio. Já os resultados de abril foram acima dos valores de 2019, o que segundo o responsável foi uma surpresa. Para maio e junho a expetativa é que a atividade corra bem, assim como o verão, podendo estes meses fazer com que em 2022 se alcancem valores de 2019 (quando o EBITDA foi de 161,8 milhões de euros), apesar dos grandes fatores de incerteza.


“As perspetivas são boas, positivas, mas existem sombras, há nuvens negras na atividade turística. Abril foi muito bom, maio vai ser e as expectativas para o verão são boas. Não podemos esquecer que existe guerra na Europa e a covid continua. Se não houver acontecimentos negativos pelo meio, esperamos chegar ao resultado de 2019, que foi o melhor ano de sempre, mas com estes novos nove hotéis”, afirmou o CEO.


O Grupo Pestana também tem atividade imobiliária (de construção e comercialização de empreendimentos), referindo o presidente executivo que foi essa área de negócio a “bóia de salvação em 2020” e que em 2021 representou 40% da atividade do grupo. Contudo, disse, com a normalização da atividade hoteleira, o objetivo do grupo é que a operação imobiliária tenha um peso de 20% a 30%.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *