Infraestruturas de Portugal investe mais de 108 ME em conservação de estradas



Na nota, a IP informou que “consignou, no início de maio, 18 contratos no valor global de 108,5 milhões de euros, para a execução de trabalhos de Conservação Corrente da Rede Rodoviária Nacional (RRN) ao longo dos próximos três anos”.

CodeCult Creative Business Agency


De acordo com a empresa, estes contratos, “um por cada distrito e ajustados às diferentes características da rede vária de cada região, asseguram a realização de trabalhos regulares de requalificação e manutenção nos mais de 14 mil quilómetros de estradas a nível nacional”.


Estas vias estão sob gestão direta da IP, sendo que os trabalhos “têm por objetivo a promoção da manutenção e conservação de todos os elementos/componentes constituintes das estradas objeto do contrato e obras de arte nelas integradas”.


De acordo com a IP, “nestes contratos incluem-se todas as atividades rotineiras de conservação, tanto de caráter curativo como preventivo, de forma a oferecer aos utentes da rede melhores condições de conforto na circulação, agradabilidade de percursos nos itinerários percorridos, e maiores condições de segurança rodoviária”.


A empresa detalhou ainda que a “maior percentagem dos contratos continua a estar afeta à gestão de pavimentos (38,2 milhões de euros, 35%), seguida das atividades ambientais (22,9 milhões de euros, 21%), sendo que o investimento em conservação de pavimentos subiu cerca de 3% face ao triénio anterior”.


Paralelamente, “o investimento em atividades de segurança mantém-se em cerca de 10,4%, enquanto as atividades de operação, fiscalização e assistência têm um acréscimo de 2% face ao anterior triénio, sendo agora a quarta atividade com maior investimento”, disse a IP.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *