“O MISTOlabs é uma porta aberta para o que são as necessidades dos clientes, em sinergia com as competências técnicas que constituem as diferentes empresas do grupo MSTN”, destacou Jorge Leite, responsável pelo MISTOlabs.


Em declarações à agência Lusa, o engenheiro químico explicou que o MISTOlabs, projeto pioneiro desenvolvido pelo grupo MSTN, pretende posicionar-se como `o espaço` onde as equipas procuram conhecimento e os clientes encontram soluções.


“No contexto pandémico, o grupo MSTN investiu num novo projeto, focado na criação de valor através de um laboratório físico onde são simulados vários setores em que o universo das empresas Mistolin atua, nomeadamente na `facility services`, restauração, hotelaria, economia social e indústrias. Segmentos de negócio onde estão presentes áreas comuns como superfícies, pavimentos, cozinha, casa de banho e lavandaria”, acrescentou.


Com este laboratório, a Mistolin pretende capacitar os seus clientes na escolha e utilização correta de produtos profissionais, adequados às suas necessidades.


“Regra geral, as soluções de detergência para a área profissional carecem de uma diluição antes da sua utilização, ao invés de um produto doméstico em que normalmente é pronto a usar”, sustentou.


Segundo o responsável pelo MISTOlabs, cada cliente tem especificidades no que toca às boas práticas de higienização de um determinado espaço ou área.


Partindo deste pressuposto e tendo em conta a realidade do cliente, seja ele decisor ou operacional encarregado pela gestão da limpeza, “é necessário capacitar tanto ao nível do modo de utilização, como do princípio ativo do químico adequado para essa mesma utilização”.


Com a pandemia provocada pela covid-19, “despertou-se para a necessidade de se garantirem espaços devidamente higienizados e seguros”.


“O MISTOlabs surge para ser um parceiro na gestão e acompanhamento contínuo desta nova realidade, que até então era importante, mas que agora se tornou fulcral. Fazer uma correta diluição dos produtos é fundamental na perspetiva de controlo de custos, enquanto numa perspetiva de saúde, promover elevados padrões de higienização, combate a proliferação de microrganismos e, por sua vez, evita a propagação de doenças”, referiu.


De acordo com o responsável pelo departamento de marketing do Grupo MSTN, Jacinto Almeida, o MISTOlabs nasceu para colmatar a parte da formação, desmistificando as boas práticas de higiene e limpeza nas instalações do cliente.


“Podemos ter a melhor solução de detergência para colmatar determinado problema, mas a pessoa que o utiliza carece sempre de formação, de consultoria na utilização soluções adequadas para um determinado desafio de higienização. Este é o primeiro laboratório de conhecimento em Portugal na área da detergência, que leva `know-how` para o cliente”, apontou.


Jacinto Almeida evidenciou que esta é uma parceria que não tem custos associados para os clientes, sendo uma forma de “estar” em casa do cliente e de “continuar na linha da frente”.


“No fundo, daremos formação, acompanhamento e faremos análises de custo em uso, percebendo comportamentos e até detetando problemas no espaço do cliente, para assim termos a verdadeira realidade”, justificou.


Para além de formar clientes, este laboratório pretende também ser um complemento à formação de estudantes, através de parcerias com instituições de ensino que tenham cursos direcionados para a área de hotelaria e restauração.


O MSTN é um grupo empresarial de cariz familiar e de capital 100% português, que atua nas áreas da indústria química, `packaging`, retalho especializado, assistência técnica, indústria alimentar, seguros, serviços, `trading` e participações.


Emprega atualmente cerca de 500 funcionários distribuídos por Portugal, Cabo Verde e Moçambique.


O volume de negócios do MSTN Group em 2021 foi superior a 40 milhões de euros.




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.