Previsões económicas da UE refletem guerra na Ucrânia


A apresentação será feita em conferência de imprensa, em Bruxelas, pelo comissário europeu da Economia, Paolo Gentiloni, a partir das 11h00 (hora local, menos uma em Lisboa).

Paolo Gentiloni já veio reconhecer que as anteriores previsões de crescimento de 4% da economia do euro e da UE em 2022 são “excessivamente otimistas” devido aos impactos económicos da guerra ucraniana, à crise energética e ao aumento dos preços, admitindo uma revisão em baixa.

CodeCult Creative Business Agency

Em altura de confronto armado em território ucraniano devido à ofensiva russa, o responsável europeu da tutela reconheceu que, por isso, “existem várias formas através das quais o PIB (da zona euro e da UE) será afetado”, em declarações feitas no final de março.

Nas anteriores previsões intercalares de inverno, divulgadas em fevereiro, a Comissão Europeia reviu em ligeira baixa o crescimento da economia europeia para este ano, para 4% do Produto Interno Bruto (PIB), tanto na zona euro como na UE, devido ao abrandamento no inverno provocado pela variante Ómicron do SARS-CoV-2, que causa a covid-19.

Bruxelas estimou ainda que o ritmo de crescimento económico desacelere para 2,7% na zona euro e 2,8% na UE.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *