Os dois jovens nortenhos, detentores de oito títulos ‘challengers’ conquistados nos últimos meses, entraram bem no ‘court’ Cascais e, com apenas um ‘break’, ganharam o ‘set’ inaugural, por 6-4.

No segundo parcial, apesar de terem devolvido a quebra de serviço sofrida no segundo jogo, não conseguiram manter o ascendente e no sexto jogo cederam uma vez mais, permitindo à dupla Dodig/Krajicek fechar com 6-3.

Com a igualdade no marcador, Borges, que já havia alertado o árbitro para a falta de luz, e Cabral chegaram a acordo com os adversários para interromper o encontro, com a devida autorização do juiz árbitro Rogério Santos, que havia sido chamado ao ‘court’.

O desafio de acesso aos quartos de final do único torneio português do ATP retoma quarta-feira, dia em que Nuno Borges, número 131 do ‘ranking’ ATP, defronta o norte-americano Frances Tiafoe (29.º) na segunda ronda do quadro de singulares.



Source link

By Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.