O campeão italiano impôs à Roma, com os lusos Rui Patrício e Sérgio Oliveira a titulares, a primeira derrota no campeonato ao fim de 12 jogos, em que somou sete vitórias e cinco empates, e ‘mostrou-se’ ao AC Milan no que toca à luta pelo título.

O AC Milan vai tentar no domingo retomar a liderança, em casa da Lazio, condição que poderá voltar a perder já na quarta-feira, quando o Inter Milão acertar as contas no campeonato com a realização do jogo em atraso, em casa do Bolonha.

O Inter ameaçou a baliza de Rui Patrício aos 21 minutos, com um remate do turco Hakan Çalhanoglu defendido pelo guarda-redes luso, e chegou à vantagem pelo neerlandês Denzel Dumfries, aos 30, num contra-ataque rápido e ao primeiro toque.

Ainda antes do intervalo, aos 40 minutos, a formação milanesa elevou a vantagem para 2-0 pelo croata Marcelo Brozovic, que se livrou de Gianluca Mancini, já dentro da grande área, e rematou sem hipóteses de defesa para Rui Patrício.

Aos 52 minutos, o Inter elevou para 3-0 pelo argentino Lautaro Martínez, com um cabeceamento após um canto, perante alguma passividade dos defensores romanos, e sentenciou a partida, bem como a esperança de José Mourinho chegar aos lugares de apuramento para a Liga dos Campeões.

Ao minuto 63, os adeptos do Inter homenagearam José Mourinho entoando o seu nome no estádio Giuseppe Meazza, em agradecimento pelos títulos conquistados enquanto treinador do clube: Liga dos Campeões (2009/10), Série A (2008/09 e 09/10), Taça de Itália (2009/10) e Supertaça de Itália (2009).

A Roma ainda reduziu para 3-1 pelo arménio Henrikh Mkhitaryan, aos 85 minutos, amenizando os números da derrota, que deixam o emblema da capital italiana na quinta posição, com 58 pontos, ao alcance da Fiorentina e da Lazio, respetivamente sexta e sétima posicionadas, ambas com 56 pontos.

A Atalanta manteve-se na luta pelo acesso aos lugares europeus ao vencer por 3-1 em casa do lanterna-vermelha Veneza, com golos do croata Mario Pasalic, aos 44 minutos, e dos colombianos Duván Zapata, aos 47, e Luis Muriel, aos 63. O esloveno Domen Crnigoj reduziu para 3-1, aos 80 minutos.

Com o regresso aos triunfos na Série A após três derrotas consecutivas, a Atalanta manteve o oitavo lugar, com 54 pontos, a dois dos lugares europeus, enquanto o Veneza, que somou a oitava derrota seguida, segue no 20.º e último lugar, com 22.

O Torino venceu em casa por 2-1 o Spezia, com um bis do sérvio Sasa Lukic, aos quatro minutos, de grande penalidade, e aos 69, e segue num tranquilo 11.º lugar, com 43 pontos.

O Spezia, que ainda reduziu pelo albanês Rey Manaj, aos 90+7 minutos, de grande penalidade, averbou a segunda derrota seguida e segue no 15.º lugar, com 33 pontos, com 11 acima da linha de despromoção.

A jornada prossegue ainda hoje com o jogo Verona-Sampdoria.



Source link

By Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.