O presidente da Ucrânia considera que os consumidores precisam de continuidade e de regularidade.