A primeira conversa em mais de cinco meses entre os responsáveis das diplomacias norte-americana e russa, irá decorrer por telefone, como refere o correspondente da Antena 1 em Washington, João Ricardo de Vasconcelos.