Depois de um ‘nulo’ em Salónica, as equipas foram para prolongamento com 0-0 no marcador. Com um golo para cada lado no prolongamento, é a formação de Salónica a seguir em frente, por mais golos marcados como visitante na eliminatória.

O jogo foi caracterizado por equilíbrio e poucas oportunidade de golo, até ao final da primeira parte do prolongamento, quando o marroquino El Arabi adiantou a formação do Pireu.

Com um bom remate de Colak, assistido por Schwab, o PAOK empatou aos 109 e passou para a frente da eliminatória, gerindo a vantagem para os últimos minutos de jogo.

O PAOK, que conta com os portugueses Vieirinha e Nélson Oliveira, vai disputar a final da prova com o Panathinaikos, que tinha eliminado o Lamia (venceu hoje por 2-0 e ficou com um agregado de 3-0).



Source link

By Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.