Arouca vence Paris 13 por 2-1 com reviravolta na segunda parte


Apesar de um maior controlo no primeiro tempo, a formação de Armando Evangelista foi surpreendida com uma bola nas costas, capitalizada por Ludéric Etondé que fez um ‘chapéu’ a Zubas, aproveitando a hesitação do ‘guardião’ lituano.

No segundo tempo, com outro ‘onze’ em campo, o Arouca tirou proveito da pressão alta exercida e chegou ao empate por Arsénio, com a reviravolta a ser consolidada num remate colocado de Antony, servido por Bruno Marques.

US Remote Software Jobs

Destaque ainda para o primeiro encontro de Sema Velásquez, que esteve afastado desde novembro de 2021 devido a uma lesão no tendão de Aquiles, e também para vários desentendimentos dentro de campo, que culminaram no apito final do encontro depois de uma tentativa de agressão de Adama Sidibé a Jerome Opoku.

Os arouquenses alinharam com Zubas, Tiago Esgaio, Basso, Rafael Fernandes, Mateus Quaresma, Ismaila Soro, Pedro Moreira, Vitinho, Rafa Mújica e Bukia. Jogaram ainda João Valido, Ignacio de Arruabarrena, Bogdan Milovanov, Jerome Opoku, Sema Velázquez, Kizza, Oriol Busquets, Yaw Moses, Arsénio, Antony e Bruno Marques.

O 15.º classificado da última edição do campeonato prossegue o estágio no Luso até sábado, dia em que recebe a Sanjonanese, da Liga 3, durante a manhã, ainda na Mealhada, e à tarde desloca-se até Matosinhos para jogar com o Leixões, da II Liga.

O Arouca inicia o campeonato com uma deslocação ao estádio da Luz, diante do Benfica, no dia 05 de agosto.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.