Mongólia diz que novo gasoduto Rússia



O gasoduto prevê a construção de um gasoduto de 962 quilómetros, com cinco estações de compressão em território mongol.


Durante a reunião, Batmunkh enfatizou a necessidade de “intensificar” o estabelecimento do corredor económico China — Mongólia – Rússia, do qual faz parte a recém-inaugurada ponte fronteiriça Heihe, no norte da China, segundo a agência de notícias local Montsame.


O plano, assinado em 2016, faz parte do que é oficialmente conhecido como Iniciativa `Uma Faixa, Uma Rota`. O gigante projeto de infraestruturas internacional, lançado pela China, visa ligar o Sudeste Asiático, Ásia Central, África e Europa, através de novas rotas comerciais.


Ambos os governantes destacaram o desenvolvimento bem-sucedido da aliança estratégica abrangente entre os dois países e expressaram o seu compromisso de fortalecê-la.


Na reunião, acrescenta a agência mongol, foram discutidos os acordos alcançados durante a visita à Rússia do Presidente mongol, Ukhnaa Khurelsukh, no ano passado, além de “avaliar o estado atual das relações” e trocar opiniões sobre cooperação futura.


Lavrov também fez uma visita de cortesia a Khurelsukh, na qual expressou a disposição do país em continuar a cooperar com a Mongólia “em todos os aspetos”, segundo a Monsame.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.